domingo, 27 de março de 2011

Sem limites

 

Sem limites Um nova droga, capaz de proporcionar ao seu usuário acessar toda a sua capacidade e se tornar virtualmente invencível. Essa é a premissa de Sem Limites. Me pareceu interessante, e, claro, o fato de ter Bradley Cooper e Robert de Niro no elenco já erma suficientes para me chamar para o cinema.

E, apesar das críticas meia-boca do filme, achei bom. O filme retrata bem o que é o vício, mesmo que seja de uma droga fictícia (pelo menos é o que eu acho). As recaídas e a abstinência são cruéis, e, neste caso, potencialmente fatais. E, principalmente, o filme mostra bem o que uma pessoa é capaz de fazer para conseguir uma dose. E Bradley Cooper prova que é muito mais que um rostinho (e um corpinho) bonito. Eu já gostava dele desde que ele fazia o amigo jornalista relegado a segundo plano de Sydney, em Alias, e agora, gosto mais ainda. Sua atuação neste filme é impecável, e arrisco até a dizer que chegam a ofuscar Robert de Niro (talvez porque este apareça mais como uma participação especial do que um papel fixo. Mas, claro, sempre muito bem executado).

Uma boa surpresa foi ver Anna Friel, a Chuck de Pushing Daisies. Sua participação é pequena, mas fundamental e excelente. Por mim, merecia até mais destaque.

Algumas cenas que retratam o efeito da tal droga no organismo são muito bem executadas. Às vezes, até fechava os olhos para não ficar tonta. E uma delas é logo na sequencia inicial. E uma sacada bem bacana foi colocar os atores duplicados na mesma cena, como se saíssem do próprio corpo, ao ingerir a droga.

O filme tem um ritmo bom e não cansa, e o final em aberto é fantástico. Só aviso que tem cenas fortes, então, vá preparado. Mas é um bom divertimento. Ah! Quase me esqueço. Bradley Cooper falando francês e italiano no filme também é tudo de bom (e as cenas são divertidas).

3 comentários:

Maria Clara disse...

Nossa eu to doida para ver esse filme , eu amei o tema , o trailer , o ator ahuhuahuuha enfim quero mt ver !!
Beijos e parabéns pelo post.
=)
Maria Clara
Os livros de Clara

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Maria Clara!

Vai ver sim, que vale a pena. O Bradley Cooper arrasa.

Beijos!

Nana disse...

AMOO O BRADLEY
Muito gato meldels
Tenho que ver esse filme!
bjs

nana
obsession valley