sexta-feira, 25 de março de 2011

As aventuras de Sherlock Holmes

 

Sherlock Homes As aventuras de Sherlock Holmes compila doze  dos maios celebrados casos do mestre detetive.

Qual é o segredo da faixa pintada que traz a morte na sua cola? Qual terrível vilania se esconde atrás da respeitável fachada da casa em Copper Beeches? Como um diamante de valor inestimável foi parar na goela de um ganso? Por que um envelope contendo cinco sementes de laranja colocam tanto medo em seus destinatários? E que tal a inteligente e linda Irene Adler, que se prova à altura do famoso detetive?

Para o detetive de olhar de águia Sherlock Holmes nenhum desafio é muito grande. Com a ajuda de seu fiel amigo Dr. Watson, ele utiliza sua afiada perspicácia e extraordinários poderes de dedução para resolver o que parece insolúvel.

Já faz algum tempo que eu comprei esse livro, e ele estava ali, na estante, me tentando. Mas foi só até rever O Enigma da Pirâmide, relembrando a infância, que me deu o impulso para ler.

Admito que o começo foi meio difícil, mas foi só engrenar nas histórias fascinantes do famoso detetive, cada uma mais deliciosa que a outra, para não querer mais largar. A minha preferida, de longe, foi a primeira, Escândalo na Bohemia, simplesmente pelo fato de retratar Irene Adler, e a primeira vez que ela dá um baile em Sherlock, apesar de toda sua perspicácia. E o bilhete que ela deixa no final é fantástico. Aliás, ela está muito bem representada por Rachel McAdams no filme de Guy Ritchie.

Aliás, falando no filme, adivinha quem eu imaginava como Sherlock e Watson. Acertou quem disse Robert Downey Jr e Jude Law. Até a voz dos dois eu ouvia. Só que no filme suas personalidades são um pouquinho diferente, o que na verdade, que Conan Doyle me perdoe, mas foi uma boa mudança.

De volta ao livro, nem todas as histórias envolvem assassinatos ou roubos, mas todas, sem exceção, tem um final surpreendente. Só que, depois de ler algumas, as últimas foram meio que fáceis de matar. Mas nem por isso deixam de ser deliciosas. A astúcia de Holmes e o humor leve, tipicamente inglês, deixam a leitura leve e prazerosa, principalmente quando Holmes mostra todo seu desdém por Lestrade, que convenhamos, é mesmo um tonto (e, sim, nesse caso eu também imaginava o ator que o interpretou no filme).

Bem, não tenho mais nada para falar, mas também nem precisa. Sherlock Holmes fala por si só, então não me resta nada a não ser recomendar, não só este, mas qualquer livro de Sherlock Holmes.

6 comentários:

Nana disse...

Vc acredita que eu ainda não vi o filme do Holmes com o Downey? hahaha
Tenho que ver direito!!!!
Vi uma vez acho que era o caso das meias de sedas, e curti...eu era mais nova e nem lembro muito do filme.

Ai mega viciada em SPN tb né?
Esse povo quer nos matar com esses hiatus.
bjs

Nana
Obsession Valley

Thalinne disse...

Sou uma fã incondicionla de Holmes. Adoro as histórias e sempre fico tentando tirar as mesmas deduções que ele quando vejo alguém passando a rua (é, talvez eu esteja ficando meio paranoica...).
Também gosto mais de Holmes e Watson no filme, Holmes ficou menos arrogante e com mais senso de humor e Watson ficou mais expressivo.

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Nana! Oi Thalinne!

Nana, assista sim o filme, que você vai gostar, com certeza. E eu também prefiro o Holmes e Watson do filme Thalinne. Aproveitem e leiam també o post sobre O Enigma da Pirâmide, e, se conseguirem (é um filme velho), assistam que é bem bacana!

Beijos!

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Nana!

Esqueci de falar que soui viciadaça em SPN. Já até tentei parar de assitir, mas não consegui. They tried to make me go to rehab, I said no, no, no!

Beeijos!

Kleber Kilhian disse...

Ah Fernanda, que maravilha é Sir Arthur! Quando li as histórias de Sherlock Holmes não pude de deixar de lembrar do Grisson (CSI).

Uma sugestão é Um Estudo em Vermelho: http://www.bookess.com/read/1844-um-estudo-em-vermelho/

Um abraço.

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Kleber!

Ainda não li Um Estudo em Vermelho, mas vou ler assim que puder:) E, viciada em CSI que sou, claro que adoro Sherlock Holmes. Mas tenho outra sugestão, já que você curte investigação. A série NCIS é muito boa, às vezes até melhor que CSI:)

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Beijos!