sexta-feira, 4 de março de 2011

Roma

 

roma I Sem dúvida a melhor série que eu já assisti (e olha que eu sou rata de séries, assisto várias.É, gosto mesmo de enlatados americanos) é Roma. E, ao assistir novamente, minha opinião não mudou nada.

Infelizmente, a série teve somente duas temporadas, devido ao alto custo de sua produção. E não é para menos. Os cenários são belíssimos e bem realistas. E são vários, como o senado de Roma, as villas dos nobres e até o palácio de Cleópatra em Alexandria (incluindo aí o famoso farol). Todo esse luxo se mistura com as favelas dos subúrbios de Roma e as insta;ações dos acampamentos de guerra. É só colocar o DVD para embarcar em uma fantástica viagem ao passado e a todo o esplendor do Império Romano.

E o elenco é de primeira. É até difícil ressaltar um só personagem, pois todos são muito bem trabalhados e brilhantemente interpretados. O único que deixa um pouquinho (e bem pouquinho mesmo) a desejar é Tobias Menzies, que faz o papel do traidor Brutus. Mas para ser justa com o cara, acho que a culpa é mais do personagem, que é fraco, sem personalidade e que se deixa guiar sempre pela cabeça dos outros. Quer dizer, o cara não tem uma ideia que seja dele mesmo, tudo que ele faz é ditado por sua mãe, Servília, ou por Cato e Cícero.

Falando em Servília, tenho que ressaltar que uma coisa que chama muito a atenção é o embate entre duas mulheres fantásticas nos bastidores do poder. Já diz o ditado popular que por trás de um grande homem há sempre uma grande mulher. Em Roma isso fica bem evidente. De um lado está Servília, interpretada com excelência por Lindsey Duncan (a mãe de Alice em Alice no País das Maravilhas). Ela á amante de César e representa bem o ditado que diz que não há fúria maior que uma mulher abandonada. Aparentemente uma mulher doce, ela se transforma e esconde uma mulher inescrupulosa e capaz de toda sordidez quando se sente ameaçada ou humilhada. Nessas horas, pode apostar que a retaliação vai chegar.

atia e servilia

Do outro lado está uma das minhas personagens preferidas (tanto desta série como de outras) Átia dos Júlios. Sobrinha de César, ela é a mãe de Otávio e amante de Marco Antônio. Sua intérprete é Polly Walker, e ela desempenha o papel de forma brilhante. Ela não é tão discreta quanto Servília, e nem tão contida, chegando mesmo a mandar matar o marido da filha, Otávia (Kerry Condon) para casá-la com um marido que lhe dê mais poder. Mas é impossível não se deliciar com suas maldades. Uma coisa tem que ser dita sobre ela: ela é totalmente devota a Marco Antônio.

Falando nele, essa série mudou totalmente minha visão dele. Boa parte disso se deve ao carisma e extrema competência de James Purefoy. Confesso que quando o vi em Coração de Cavaleiro (ele faz o Rei Eduardo), não dava muita coisa por ele, mas isso mudou na primeira aparição dele na série. Ele é outro dos meus personagens preferidos. Ele é perspicaz e ambicioso, mas acima de tudo um guerreiro.

No meio disso tudo estão dois soldados que, meio sem querer chegam às graças do alto escalão de Roma. Eles são Lúcio Voreno (Kevin McKidd, o Poseidon de Percy Jackson) e Tito Pullo (Ray Stevenson, e, sim, meu gato deve seu nome a ele). No início os dois não se dão muito bem, mas logo descobrem que são na verdade amigos do peito. Lúcio Voreno é um comandante decente, leal e cheio de escrúpulos, enquanto Pullo é um fanfarrão, devasso e que tem um certo desrespeito às regras. Mas seus papéis se invertem na segunda temporada, e, sinceramente prefiro o Pullo da primeira.

pullo e voreno

Por último devo destacar Otávio. Na primeira temporada ele é interpretado com muita eficiência por Max Pirkis (que é uma das poucas coisas que salvam Mestre dos Mares) e na segunda por Simon Woods. Apesar deste ser um excelente ator, fica na sombra de Max Pirkis. E ambos mostram porque Otávio era o cara.Estudioso, ele não era lá muito bom em embates físicos, mas era extremamente político, e com uma perspicácia tal que parece que vê a alma dos outros. Não é à toa que foi o maior imperador que Roma teve.

otávio 2

Quase me esqueço da mulher que quase derrubou o Império Romano, não uma, mas duas vezes. Cleópatra, claro. Interpretada por Lindsey Marshal, ela é uma mulher lasciva e adora se drogar. Sua grande ambição, como todo mundo sabe, é ser a rainha em Roma e assim  dominar o mundo. E o que eu acho interessante é que na minha opinião, com todo o respeito à atriz, encontraram uma mulher tão baranga quanto dizem que a verdadeira Cleópatra realmente era (sinto muito acabar com as fantasias de muito marmanjo, mas segundo estudos recentes, Cleópatra não era a beldade que se acreditava). Apesar de ela ser uma boa atriz, acho a personagem nojenta e sua voz é extremamente irritante.

roma II A primeira temporada cobre os eventos desde a queda da República e ascensão de Júlio César como imperador até seu assassinato no mármore do senado (uma cena muitíssimo bem executada, aliás) e a segunda vai desde o funeral de César, passando pelo triunvirato de Marco Antônio, Lépido e Otávio até a ascensão de Otávio como imperador. Todos os personagens são reais, mas, apesar de serem mencionados em vários documentos, a história de Pullo e Voreno é fictícia (afinal, a República não teve seu fim por causa de Pullo, nem ele foi o pai de Cesarion, filho de Cleópatra e Júlio César). Mas apesar das licenças criativas, a série é uma verdadeira aula de História. Mas aviso que há várias cenas fortes, então esteja preparado para muito sangue e outros excessos. Aí vai uma mostra: vídeos Roma

Se você gostou de Roma, pode gostar também de:

  • The Tudors
  • As memórias de Cleópatra – Margaret George
  • César e Augusto – ambos de Allan Massie (mas aviso que achei César, o único que eu li dele, meio decepcionante)

2 comentários:

Nana disse...

Vi essa série muito tempo atrás quando passava na HBO.
Gostaria de ver de novo haha
Adoro coisas da Roma, Grécia e tals..
bjs

Nana
Obsession Valley

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Nana!

Se puider, assita de novo, sim. Você vai gostar mais ainda. Se não me engano, a Blockbuster tem as duas temporadas disponíveis para locação (pelo menos aonda eu vou), mas volta e meia elas estào em promoção para venda. Vale a pena.

Beijos!