quinta-feira, 10 de outubro de 2013

O Aprendiz – As Aventuras do Caça Feitiço #1 – Joseph Delaney

 

Spook´s 1Thomas Ward é o sétimo filho de um sétimo filho e se tornou aprendiz do Caça-Feitiço. A missão é árdua, o Caça-Feitiço é um homem frio e distante, e muitos aprendizes já fracassaram. De alguma forma, Thomas terá de aprender a exorcizar fantasmas, deter feiticeiras e amansar ogros. Quando, porém, é enganado e cai na armadilha de libertar Mãe Malkin, a feiticeira mais malévola do Condado, tem início o horror... e uma grande aventura!
O aprendiz, primeiro livro da série de fantasia As aventuras do Caça-Feitiço, escrito por Joseph Delaney (e traduzido pela prestigiada Lia Wyler, responsável pelo texto em português da saga de Harry Potter), que já vendeu centenas de milhares de exemplares em todo o mundo, é uma história repleta de emoção e muitos, muitos sustos. Por isso, cuidado: não deve ser lido à noite!
“Muito bem, rapaz. Você está aprendendo. Somos os sétimos filhos de sétimos filhos, e temos o dom de ver coisas que os outros não podem ver. Mas esse dom, de vez em quando, pode se tornar uma maldição. Se tivermos medo, às vezes poderão aparecer coisas que se alimentam desse medo. O medo piora tudo para nós. O truque é nos concentrarmos no que vemos e pararmos de pensar em nós mesmos. Sempre resolve.”
A série As aventuras do Caça-Feitiço, de Joseph Delaney, continua nos livros A maldição e O segredo... mas não terminam por aí.

Já fazia tempo que eu queria ler este livro, e também já tenho a coleção toda em e-book faz alguns meses, mas estava enrolando para ler para deixar para mais próximo da data de lançamento do filme (que óbvio que eu vou assistir, se mais nada, por motivos de: Ben Barnes e Kit Harington. Alguém me empresta um babador pra ir ao cinema, por favor?). O livro tem tudo que eu adoro: magia, aventura, bruxas… Bom, vamos deixar de lenga lenga e ir logo para o que interessa.

Thomas Ward é um rapaz de 13 anos, filho de um fazendeiro. Mas Thomas não é um filho qualquer. Ele é o sétimo filho de um sétimo filho, e isso o torna muito especial. Por ser o sétimo, e logo não haver mais lugar para ele em sua fazenda, o pai o manda para ser aprendiz do Caça-Feitiço, um destino que não é lá dos mais agradáveis. Ser um caça-feitiço é lidar com poderes obscuros e enfrentar a superstição e desconfiança de todo mundo. Portanto é um trabalho solitário. E como há muita superstição envolvida, claro que Thomas quando começa não está lá muito entusiasmado e até teme o que o destino lhe reserva.

E além de ser o sétimo filho de um sétimo filho, a mãe de Thomas também é especial, o que torna Caça-feitiço seu único destino. Ainda não sei exatamente o que a mãe dele é, mas ela não é uma mulher comum, com certeza. Sendo assim, Thomas é mais que especial. Inicialmente ele é um menino normal de 13 anos, entediado com o trabalho na fazenda, curioso, mas susceptível a crenças há muito enraizadas na imaginação da população local. Mas aos poucos ele vai deixando isso para trás, e vai entendendo que seu caminho estava traçado desde antes de nascer. Ele não lida muito bem com autoridade, como vocês vão ver logo, logo. Mas admira e respeita o Caça-feitiços, Gregory. Thomas também é trabalhador, e se esforça para fazer tudo o que o Caça-feitiço diz.

E o Caça-feitiço é um bom professor, paciente e sabe ouvir. Mas é meio adepto do aprendizado na prática, e isso nem sempre é bom. Por exemplo, quando ele manda cavar uma cova para aprisionar um boggart (eu não vou traduzir porque não sei como está em português. Literalmente é bicho-papão) ou uma bruxa. E também ele tem lá seus segredos e mistérios, que ele revela quando quer. Ele é meio uma mistura de Dumbledore, Gandalf e Mestre dos Magos.

Lembra quando eu disse que Thomas tem um certo problema com autoridade. O que eu quis dizer é que ele nem sempre ouve os conselhos de seu mestre. Um deles é que ele fique longe de garotas, especialmente as com sapatos pontudos. Mas não é que aparece na vida de Thomas Alice, uma menina justamente de sapatos pontudos? E claro que isso só quer dizer confusão.Alice é sobrinha de uma bruxa, e bem misteriosa. ela ajuda Thomas, mas não sem um preço. E esse preço é que vai causar a confusão. Alice é uma personagem dúbia, a gente nuca sabe exatamente suas intenções. E podemos esperar mais dela nos próximos.

E claro que estamos falando de um caça-feitiço, e o que seria ele sem a bruxa para caçar? E no caso ela responde como Mãe Malkin. Ela foi capturada pelo Caça-feitiço há muito tempo, mas acaba escapando (como? Descubra lendo), e ela é o pior tipo de bruxa possível. Se alimenta de sangue, de preferência de crianças, e toca o terror por onde passa.

Há ainda outros personagens interessantes, como a mãe de Thomas, seu irmão Jack, sua cunhada…mas eles não aparecem muito, pelo menos neste primeiro. O ritmo é bom, e o livro é curtinho, eu provavelmente poderia ter lido em uma sentada (não foi o caso, porque estava lendo junto O Chamado do Cuco), e os capítulos são curtos e os acontecimentos são bem encadeados. O livro é juvenil, e escrito para esse público. É o primeiro, então ainda não tem muita coisa a falar, e pode ser um pouco decepcionante. Lembrem-se que com Harry Potter foi igual, e no fim a trama ficou bem intrincada, com várias camadas. Não foi o caso comigo eu adorei, mas acho que com os próximos a tendência é que a história fique mais complexa. Ou pelo menos é o que eu espero. Uma leitura leve, gostosa e com gostinho de infância. Um bom começo para uma aventura deliciosa.

Trilha sonora

Old hag, do The Corrs, por enquanto foi só o que eu consegui pensar.

Se você gostou de O Aprendiz, pode gostar também de:

  • Harry Potter – J. K. Rowling;
  • O Senhor das Anéis – J. R. R. Tolkien;
  • O hobbit – J. R. R. Tolkien;
  • Percy Jackson – Rick Riordan;
  • As Crônicas de Nárnia – C. S. Lewis;
  • Dragões de Éter – Raphael Draccon;
  • A dança da floresta – Juliet Marillier;
  • O Único e Futuro Rei – T. H. White;
  • Ciclo A Herança – Christopher Paolini;
  • Stardust – Neil Gaiman;
  • trilogia de Tinta – Cornelia Funke.

PS: olha aí o trailer do filme:

Beijos e até o próximo post!

16 comentários:

Nerito disse...

Fiquei bem curioso. E principalmente porque esse livro tem certas semelhanças com o meu, acredita?
Propagandas à parte, acabei de conferir lá na estante da biblioteca e achei dois exemplares desse livro. E também temos o segundo volume!
Já estou com "O Aprendiz" aqui do meu lado e vou viajar um pouco por essa história. Valeu pela dica!

Bjo

Nadia Viana disse...

Oi, Fê.
Essa série promete! Estou louca pra ler. :)

Mas o filme parece bem diferente. O Ben tem 32 anos, mais do dobro da idade do personagem. Tomara que não mudem demais a história.
Beijos.

Vitor disse...

Fernanda, há algum tempo atrás eu quase comprei esse livro, mas eu fiquei com um pouco de dúvida em comprar ou não, e resolvi não comprar. Agora com sua resenha eu estou com vontade de lê-lo, ainda mais que o filme vai sair. O problema é quando vou comprar ou conseguir emprestado, rs. Nunca conheci ninguém que tenha lido, só você.

Abraços

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi gente!

Eu estou no segundo, e estou gostando bastante. Sõ não estou lendo mais rápido porque estou lendo The House of Hades também, mas é bem gostosinho.

Nerito, eu acredito sim. E legal ter aí na biblioteca. Voc~e vai gostar.

Nádia, sim, vai ser bem diferente, mas como eu disse, isso não é necessartiamente ruim. Todos os filmes de Nárnia, por exemplo, são melhores que os livros. Inclusive, no livro o Caspina tem 13 anos também, e quando fizeram o filme, o Ben tinha uns 27. E neste, se o Kit fizer quem eu acho, também tem uma bela discrepância, porque acho que ele faz o antigo aprendiz do Caça-feitiço, e portanto tem uns 13 anos também. Mas ele tem 27. É esperar pra ver.

Vitor, eu já tinha visto esse livro, mas realmente nunca li nenhuma resenha a respeito.

Beijos!

Jéssica Soares disse...

Oi, Fernanda! Tudo bem? Então, os meus motivos para ler esse livro são totalmente nobres, eles começam com Kit e terminam com Harington haha Sempre tive curiosidade para ler essa série, mas confesso que nem lembrava da existência dela antes de ver o trailer do filme. Fiquei animada em saber que a trama tem todos esses elementos que super me agradam e mesmo tendo essa pegada mais infantil, há livros como "Desventuras em Série" que é totalmente voltado para as crianças, mas que eu sou completamente fascinada hehe Adorei a resenha e que venha o filme :D Bjs
Jéssica

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Jess!

Eu tenho dois motivos nobres: Kit Harington e Ben Barnes, Eu babo horrores nos dois. Mas o livro é legal também, viu? E eu também adoro livros juvenis, e com temática infantil (se bem que nem tanto, ele aborda coisas mais sérias no segundo, mas com uma linguagem voltada para o infantil).

Beijos!

Nerito disse...

Oi, Fê! Como eu te mostrei o livro, estava bem empolgado com a leitura e não me decepcionei. Terminei ainda ontem. Só não terminei no sábado porque o evento me deixou tão cansado que eu cheguei a dormir na rodoviária mesmo...
Achei muito legal o ritmo do texto e a relação entre os personagens. A dualidade entre Alice e Tom é comovente e acho que eles têm uma química muito fluida e natural. O clima "era das trevas" também foi muito envolvente, inclusive com as descrições das entidades sobrenaturais. O texto leve e divertido me lembrou minha escritora favorita, a Diana Wynne Jones.

Bjo!

Nerito

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Nerito!

Só um aviso: as coisas vão ficar mais dark no segundo ;)

Realmente, o ritmo é gostoso, eu sõ não leio tão rápido porque está np kobo, e não leio todo dia. Mas quando eu leio, vai fácil. E o Tom e a Alice tem mesmo muita química. Já estou terminando o segundo, só estava enrolando para ter tempo de portar a resenha de House of Hades, que acabou levando mais tempo pra eu escrever.

Beijos!

Anônimo disse...

Parabens pelo Blog. Primeira passagem por aqui. baixei o primeiro livro ja, se gostar com certeza terei que compra-los...hehehe
Pablo Alejandro

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Pablo!

Eu estou terminando o segundo já, e adorei. Tenho todos em e-book, mas vou comprar os livros físicos também, com certeza; E sabe que mesmo sendo juvenil, tem passagens de arrepiar, de dar medo mesmo?

Seja muito bem vindo e volte sempre!

Beijos!



Priscila Nonato disse...

Jon Snow *--*
Vou assistir !

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Pri!

HEHEHEHE Eu também estou louca pra ver! Mas o livro também é bem bacana.

Beijos!

Leonardo Marcelino disse...

A coleção em e-book já está em português? Na amazon não encontrei os primeiros volumes.

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Leonardo!

Olha, não sei te responder. Um, porque tenho todos em inglês, e depois porque baixei os arquivos meio piratão, sabe? Tenta na livraria cultura, ela tem bastantes livros em e-book.

Beijos!

Tiele Borges disse...

Oi gente, então já estou no 5 livro do caça-feitiço, está muito bom, não quero parar de ler, a história cada vez mais interessante e prende muito!
Tomarem que vocês estejam gostando, como eu estou!
Mas pelo que vi o trailer do filme, está bem diferente, e tem muitos erros pelo que eu percebi, quem está lendo e prestou bem atenção no detalhes no livros, você vai que no trailer do filme o mago e o aprendiz estão segurando o bastão com a mão Direita! Mas espero que o filme fique bom! Beijos

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Tiele!

É, eu vi pelo trailer que tem umas diferenças, a começar pela idade de Thomas (não que eu esteja reclamando, fico babando pelo Ben Barnes ;)). Mas parece bem legal o filme também. Não acho que segurar o bastão com a mão direita seja um grande problema. É aquela coisa, sabe, o vestido rosa da Hermione? Não afeta a história.

Obrigada pelo comentário e volte sempre!

Beijo!