terça-feira, 19 de junho de 2012

Citação do mês

 

Eu ando meio sumida, mas não se preocupem. É só acúmulo de coisas de final de semestre, e também porque estou relendo Game of Thrones, e está demorando um pouquinho. Mas essa semana eu termino a faculdade, e vou ficar mais sossegada, então as coisas voltam ao normal.

Enquanto isso, aí vai outra citação que eu adoro, e que também está no meu mural no  Skoob. Na verdade, é um trecho inteiro, que eu já publiquei aqui, e foi o que me fisgou para A Sombra do Vento, um dos livros preferidos.

“Cada livro, cada volume que você vê, tem alma. A alma de quem o escreveu, e alma dos que o leram, que viveram e sonharam com ele. Cada vez que um livro troca de mãos, cada vez que alguém passa os olhos pelas páginas, seu espírito cresce e a pessoa se fortalece. Faz muitos anos que meu pai me trouxe aqui pela primeira vez, este lugar já era velho. Quase tão velho quanto a própria cidade. Ninguém sabe ao certo desde quando existe ou quem o criou. Conto a você o que me contou meu pai. Quando uma biblioteca desaparece, quando uma livraria fecha suas portas, quando um livro se perde no esquecimento, nós, guardiãos, os que conhecemos este lugar, garantimos que ele venha para cá. Neste lugar, os livros que ninguém se lembra, os livros que se perderam no tempo, viverão para sempre, esperando chegar algum dia às mãos de um novo leitor, de um novo espírito. Na loja, nós os vendemos e compramos, mas na verdade os livros não têm dono. Cada livro que você vê aqui foi o melhor amigo de um homem. Agora só têm a nós, Daniel. Você acha que poderá guardar este segredo?”

Carlos Ruiz Zafón, A Sombra do Vento

bookshelf

Beijos e até o próximo post!

8 comentários:

Carissinha disse...

Sou louca para ler A Sombra do Vento. Acredito que é um livro incrível.

Adorei a citação.

Beijos,

Carissa
http://artearoundtheworld.blogspot.com

Fefa Rodrigues disse...

Ah, esse nosso amor pelos livros... só compreende quem compartilha dessa paixão... e é um amor, uma paixão, que acaba unindo pessoas de diferentes lugares, tornano-os amigos... como vc se tornou minha amiga, mesmo sem eu nunca ter te visto pessoalmente!!!:o)

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Carissa!

Leia sim, que você vai gostar, é muito lindo. Eu me apaixonei, e li também O jogo do Anjo, do mesmo autor. Mas Sombra é melhor.

Beijos!

Fefa Rodrigues disse...

Feee... engraçado que no começo de O Historiador eu não estava muito empolgada, agora estou completamente apaixonada pelo livro. Então, qd vc for ler, se no inicio achar q está meio lento, não desanime, logo vc vai ficar super intrigada e não vai conseguir parar de ler!!!

Ah, acredita que eu nunca fui na Bienal? Tem este ano? Se tiver eu tenho que ir de qq jeito hehehe

E... ainda tenho 4 capitulos para terminar a segunda temporada, ou seja, ainda me resta um gostinho... depois, pretendo rever tudo... mas acho que a releitura eu só vou fazer qd tiver todos os livros... falando nisso, será que o Martin já escreveu a história toda? Vc sabe dizer?

CMachado disse...

Olá Fê!!!!!!
Que chato esse negócio de sinusite rinite, tenho tb...
Esse livro é incrível né do Zafón!!!
Você ta fazendo releitura, Game Of Tronos mas é como vc disse uma releitura é ótimo porque tem alguma coisa q deixamos passar, sua experiência deve ser incrível, ainda mais com a série na tv...

Literatura e cinema, tudo de bom!!!
A sua série preferida dá um prazer incrível né vendo na tv tb, eu não ligo mesmo se algo é diferente, quando a gente ama, adora ver na tela nossos personagens favoritos dos livros...

CMachado disse...

Fê!!
Bjk e boa releitura!!!!
Pensei que não tava, logada esqueci de me despedir...

PS: Isso é incrível né tenho a mesma impressão, que conheço vc e Fefa há muito tempo...
Graças ao nosso amor pelos livros rsrs
Ah esqueci li que vc escreveu que tb tem dificuldade quando vai a Portugal na língua.

B612 disse...

Olá, Fernanda! Meu nome é Poliana e eu adorei seu blog! Principalmente porque nossos gostos são muito parecidos! Também sou apaixonada por Harry Potter, Jogos Vorazes, Crepúsculo, Percy Jackson, Mundo de Tinta, entre outros. E, recentemente, estou me apaixonando pelo Kvothe. O autor escreve lindamente, não vejo a hora de ler "o terceiro dia". Fiquei curiosa para ler uma resenha sua do livro "O Conde de Montecristo"... Você não leu? É excelente!
Guardo comigo muitas citações, como esta, que é uma de minhas preferidas: "Se viveram no mundo eles deveriam ver e tocar, ouvir, amar e aprender coisas." (da trilogia Fronteiras do Universo, de Philip Pullman). Abraços!

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Poliana!

Obrigada! Também me apaixonei pelo Kvothe, e estou ansiosa para saber como termina a narrativa dele.
Eu ainda não li O Conde de Monte Cristo, mas tenho vontade há muito tempo. É que não tenho o livro, e não achava em lugar nenhum. Eu vi o filme, e adorei. É por isso que não comentei ainda. Mas tem uma edição que saiu agora que é mais ou menos em conta, que eu quero comprar. Aí vou ler, sim, com certeza.
Eu tenho um caderno onde eu escrevo todas as citações que eu marco nos livros, tenho um monte também.

Seja muito bem vinda e volte sempre :)

Beijos!